Helcio Barros
HÉLCIO BARROS
BRASIL, 1956

É difícil escrever a respeito de Hélcio Barros. Essa dificuldade deve-se antes ao desafio (talvez à impossibilidade) de traduzir em palavras o que um artista consegue dizer com sua arte visual do que ao profícuo currículo desse longevo artista formado em Comunicação e Cinema na Universidade Federal Fluminense no final da década de 70.


lowres-detail-of-pavebolido-33-helcio-barros-artboom.jpg
lowres-detail-of-pavebolido-13-by-helcio-barros-artboom.jpg

Nascido no Rio de Janeiro, Barros vive e trabalha em São Paulo desde 2010. E a vida na maior cidade brasileira lhe trouxe novas possibilidades tanto para sua poética artística quanto para sua carreira de incansáveis questionamentos. 

Hélcio carrega consigo alguma influência expressionista, o que transparece no modo como sua obra mostra o espaço a partir de encontros que parecem interagir quimicamente entre si. 

As cores costumam transbordar nas obras de Hélcio Barros. Mas reduzi-lo a um artista de poética multicolorida seria injusto com seus trabalhos, onde as formas se constituem nessa relação umas com as outras.

Barros destróis as cores com as quais trabalha, instigando disputas violentas entre amarelo, vermelho, azul e verde, mas também o fúcsia, roxo e preto, reduzindo a harmonia ao esgotamento. 


Uma Surra de Cores e Formas

As cores de Hélcio Barros são vibrantes, sim. Mas a preocupação com a estruturação das formas é sempre maior, o que permite ao artista transacionar superfícies. Do desenho à pintura, é claro, mas também à tridimensionalidade. 

Seus pavebolideos são a prova disso. No objeto escultural que se pretende desairoso, quase um troço, Barros traz um aparato crítico e sarcástico que diz muito para quem sabe ouvir. 

Observar a produção de Hélcio Barros não requer trabalho. A alegoria da violência faz sentido. Estar diante de obras como Carioca 102 e Pavebolido 23, por exemplo, é poder apreciar a energia cinética de um conflito que não se contenta em permanecer em um só lugar (ou formato).

A Artboom recomenda pouca cautela na aquisição e alerta: uma coleção de arte só será completa com uma obra de Hélcio Barros. Conheça o acervo deste artista cheio de histórias para contar e coloque uma peça original em sua coleção.


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DESSES ARTISTAS

NINA KREIS

NINA KREIS

ARIEL SPADARI

ARIEL SPADARI

F. CHAMARELLI

F. CHAMARELLI